quinta-feira, 19 de março de 2015

Viagem fantástica

 O despertador tocou, estava a casa toda em silêncio, só se ouvia o vento lá fora. Levantei-me eram cinco e meia da manhã pois tinha que estar no aeroporto às seis e meia para nos encontrarmos todos. Antes de fechar a mala verifiquei se não me esquecia de nada e guardei o cartão de cidadão na carteira. Chegamos ao aeroporto com as malas, as mochilas, os violinos e a guitarra. Levantamos os bilhetes e fomos para o avião.

 Durante o voo tivemos a oportunidade de ir à frente ter com o comandante e ver como se pilotava o avião. Foi uma experiência inesquecível. Mal aterramos em Varsóvia comecei a sentir o frio da neve e a agasalhar todas as partes do corpo para evitar que se congelassem. Viajámos no autocarro durante duas horas até à cidade onde íamos ser acolhidos pelas famílias, Lowicz. 


Assim que chegamos fomos distribuídos pelos alunos e as suas famílias e fomos para as respetivas casas. Eu fiquei com uma rapariga muito simpática chamada Natalia. Antes de ir dormir estivemos a conversar.
-How old are you?- perguntou ela.
-I am thirteen years old- disse eu-And you?
- I am fourteen years old – respondeu ela
 Continuámos a falar, a conhecer-nos melhor, ficamos a saber o que gostávamos de fazer, de comer, e no final percebemos que, apesar das nossas nacionalidades completamente diferentes, tínhamos algumas coisas em comum. Ambas gostávamos de jogar voleibol, ambas adorávamos chocolate e ambas tínhamos um irmão ou uma irmã mais novo.
 A minha amiga Margarida ficou em casa de uma rapariga chamada Agata e como ela e a Natalia eram melhores amigas, eu e a Margarida andávamos sempre juntas. 


No dia seguinte fomos visitar os pontos mais interessantes da cidade, que não era muito grande, mas suficientemente acolhedora e com uma arquitetura diferente da nossa.
À noite houve uma festa, na escola, para receber os alunos estrangeiros. Foi muito divertida e adorei cada momento!


No dia seguinte fomos visitar o Museu de artesanato de Lowicz, para conhecermos melhor a cultura Polaca e a cultura da cidade, em particular. Depois da visita tivemos um workshop onde aprendemos a tecer, com teares manuais.


 
 
No terceiro dia, tivemos a ensaiar para o nosso espetáculo, participámos numa aula de educação física da escola, na qual fizemos vários exercícios e jogamos voleibol. Ao fim da tarde, assistimos ao treino de voleibol da Natalia e da Agata.  No dia seguinte, apresentámos o nosso concerto com grande êxito. O tema do nosso espectáculo era a amizade e, na nossa cena, não só dançámos e cantámos temas dos nossos países parceiros, como, no final terminámos com uma marcha dos santos populares de Lisboa onde alunos estrangeiros participaram. 

Ao final da tarde, eu, a Natalia, a Margarida e a Agata fomos à piscina e depois disso fomos comer uma pizza num restaurante. Estava uma delícia! 
Eu participei numa dança do concerto da Roménia, que achei muito engraçada. No último dia, fomos todos ao centro comercial às compras e jogar bowling.


 O dia que menos gostei foi o último dia, o dia da despedida pois custou-me muito ter que me despedir dos meus novos amigos que havia feito. Acabamos todos numa grande choradeira, mas sabíamos que tínhamos de voltar para Portugal, por isso metemos as malas no autocarro, despedimo-nos mais uma vez de todos e dirigimo-nos para o aeroporto para apanharmos o avião.



Como tínhamos que parar na Alemanha, enquanto esperávamos pelo próximo voo, cantamos, tocámos e exploramos o gigante aeroporto de Frankfurt. Divertimo-nos imenso e, sempre que cantávamos e tocávamos, apareciam pessoas a aplaudir-nos como se estivesse-mos a dar um espectáculo.
Quando o avião aterrou, fomos buscar as nossas malas e fomos recebidos pelos pais com grande alegria e entusiasmo.
A melhor parte desta viagem foi fazermos novos amigos que ficaram para a vida.
 Adorei esta viagem e espero um dia voltar.


Matilde Ferreira nº20 8ºA


Sem comentários:

Enviar um comentário